Editora Vozes
Product ID: 4171
Compreender Schopenhauer

Compreender Schopenhauer

Marca: Editora Vozes Referência: 4171

Carregando...

Viver é sofrer, assim acreditava Schopenhauer, um homem que negou a existência de Deus e colocou em seu lugar a vontade universal como regente da vida. Todo homem tem consciência da vontade, é a natureza agindo em tudo, e a única salvação possível seria a renúncia ao mundo e suas solicitações, assim tornando-o livre. 

 

(Trecho do livro)

 

Vamos considerar agora, ingenuamente, o pior de todos os mundos possíveis, imaginando que um deus malvado o tenha criado segundo o princípio do pior.

 

Em um texto curioso, Schopenhauer conta que, quando estava com seus dezessete anos, teve a intuição central de sua filosofia e se convenceu de que o mundo, "longe de ser a obra de um ser infinitamente bom, era a obra de um demônio que chamara criaturas à existência só para se deleitar com a visão de seus tormentos; a meus olhos imparciais, mas que viam exatamente nos seus limites, o mundo se apresentava como a obra de um demônio"

 

Schopenhauer vai sem demora reconhecer que aqui se trata apenas de uma imagem, mas fundamental ou, melhor, fundadora.

 

Deste modo, a sua metafísica iria coincidir com as religiões orientais que no entanto ele conhecia:"Brahma produz o mundo para mesmo permanece neste mundo para expiar esse pecado[...] No budismo, o mundo nasce em consequência de uma pertubação inexplicável [...]".

 

Jean Lefranc, agrégé de filosofia, mestre conferencista na Sorbonne, autor de numerosos estudos filosóficos sobre Kant, Schopenhauer, Nietzsche e Freud.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Encadernação: Brochura

Peso: 

Confira também